Províncias

Investigação científica em análise na província

Matias da Costa | Cuito

Responsáveis da Universidade José Eduardo dos Santos (UJES), afecta à V Região Académica, pediram, na cidade do Cuito, nas II Jornadas Agosto Científico, melhoria e reforço da investigação científica nos institutos superiores em prol do desenvolvimento sustentável.

Um ângulo da cidade do Cuito que acolhe as jornadas científicas da UJES
Fotografia: Francisco Bernardo

As jornadas, que decorrem sob o lema “Investigação Científica Rumo ao Desenvolvimento”, realizadas em homenagem ao patrono da instituição, abertas no dia 28 de Julho na capital do Bié, encerram em 22 de Agosto, na cidade do Huambo.
O vice-governador do Bié para o Sector Técnico e Infra-Estruturas disse na cerimónia de abertura que “as jornadas científicas devem ser o pilar fundamental das unidades orgânicas da UJES” e incentivou professores e alunos a empenharem-se na pesquisa e divulgação da investigação para os resultados beneficiarem a comunidade. José Tchatuvela salientou ser “imprescindível que os conhecimentos produzidos incidam na resolução dos problemas da comunidade”. 
A directora nacional para a Formação Avançada do Ensino Superior felicitou a UJES “pela incessante busca e difusão de investigação nas mais diversas áreas” e referiu que “a prática é parte fundamental do processo académico”.
O objectivo das jornadas, salientou, é atrair a atenção da sociedade para a ciência, tecnologia e a inovação.
A ciência, prosseguiu, tornou-se elemento central no desenvolvimento social e económico, o­perando como o vector catalisador da produção.
Massocunine Inês pediu maior aposta na investigação científica, desenvolvimento tecnológico e na formação avançada de recursos humanos por ser determinante na afirmação de Angola como povo e Nação.

Tempo

Multimédia