Províncias

Investimentos de milhões em centros e postos médicos

A administração municipal do Cuito tem disponíveis 191 milhões de kwanzas para garantir assistência médica e medicamentosa, garantiu ontem o administrador, Moisés Américo Kapapelo Kachipaco.

Assistência médica deixou de ser problema
Fotografia: Jornal de Angola

A administração municipal do Cuito tem disponíveis 191 milhões de kwanzas para garantir assistência médica e medicamentosa, garantiu ontem o administrador, Moisés Américo Kapapelo Kachipaco.
A revelação foi feita durante a realização da I Assembleia de Militantes do MPLA, que serviu para apresentar as acções desenvolvidas ao longo do primeiro trimestre. Américo Kapapelo Kachipaco informou que o valor foi concedido no âmbito da execução do programa de municipalização da saúde.
A verba vai ser aplicada na aquisição de mais medicamentos para as unidades sanitárias das comunas de Trumba, Kunje, Câmbandua, Chicala e para os posto e centros de saúde do município do Cuito.
Os valores vão, igualmente, servir para a reabilitação e construção de novas unidades hospitalares, com vista a garantir boa assistência médica e medicamentosa às comunidades, sobretudo na zona rural.Testemunharam o acto mais de 300 militantes, entres os quais o primeiro secretário do MPLA no Bié, Boavida Neto, membro do bureau político do partido, e Amélia Calumbo Quintas, do comité central e provincial.

Tempo

Multimédia