Províncias

Jovens universitários trocaram experiências

José Chaves | Andulo

A quarta edição do Parlamento Académico, que tem a finalidade de promover o intercâmbio entre estudantes de várias escolas da região, além de despertar na juventude o sentido patriótico e de solidariedade, foi realizada na semana finda, no município do Andulo.

Estudantes falaram dos seus problemas
Fotografia: Paulo Mulaza

O acto, que decorreu sob o lema “O contributo da juventude académica do Bié na consolidação da paz e da democracia em Angola”, juntou estudantes universitários e dirigentes de várias associações juvenis.
Ao intervir na abertura, o presidente do Conselho Provincial da Juventude, Afonso Sanguvila, afirmou que a realização do encontro, pela primeira fora da cidade do Cuito, visa dar mais abrangência às actividades do conselho. Exortou os participantes a reconhecerem e valorizarem mais o sacrifício consentido pelos angolanos, sobretudo dos jovens que participaram na luta pela independência, alcançada a 11 de Novembro de 1975.
Outro objectivo é valorizar o esforço dos patriotas que se empenharam na conquista da paz, cujos acordos foram assinados a 4 de Abril de 2002. Afonso Sanguvila salientou que a juventude tem a missão de trabalhar para a manutenção da democracia e estabilidade social.
O presidente do Conselho Provincial do Bié da Juventude apelou aos jovens a absterem-se de comportamentos indecorosos, como o uso exagerado de bebidas alcoólicas, o consumo de drogas, a prostituição e delinquência.

Tempo

Multimédia