Províncias

Líderes das comunidades são alertados para a Sida

Delfina Victorino | Cuíto

Profissionais do Instituto Nacional de Luta contra a Sida estão a formar 24 líderes religiosos, parteiras e autoridades tradicionais de todos os municípios da província do Bié com noções básicas das infecções de transmissão sexual, incluindo a Sida.

Técnicos da saúde na luta contra à doença
Fotografia: Jornal de Angola

A chefe de secção de informação, educação e formação para a prevenção do Profissionais do Instituto Nacional de Luta contra a Sida, Marcela Eunice, afirmou ser a primeira vez que a instituição forma esta franja da sociedade sobre a matéria.
Marcela Eunice disse que a escolha do grupo alvo está relacionada com a proximidade que os líderes tradicionais e religiosos têm com a comunidade e a grande influência que exercem sobre os habitantes das localidades. Diariamente as autoridades tradicionais e os líderes religiosos lidam com as comunidades, por isso têm de estar munidos de informações sobre a doença, para educarem as suas comunidades.
Durante a formação, os participantes vão adquirir conhecimentos sobre a actual situação dos infectados no Bié e as formas de transmissão da doença e de prevenção. O perfil epidemiológico da província, os conceitos básicos, como viver e conviver com a doença são outros temas a serem abordados durante a formação.
O supervisor provincial do programa local de luta contra a Sida, Adelino Camato, assegurou que o plano nacional está a ser cumprido pelos profissionais da saúde da região.

Tempo

Multimédia