Províncias

Localidade de Calussinga tem novas infra-estruturas

José Chaves | Calussinga

A comuna de Calussinga, município do Andulo, província do Bié, vai beneficiar até ao final deste ano de várias novas infra-estruturas sociais, no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP), anunciou sábado a sua administradora.

Na região estão em construção diversas infra-estruturas com destaque para casas sociais
Fotografia: Edson Fabrizio | Calussinga

Faustina Mbundo referiu que,  neste momento, está em fase de acabamento a construção de 15 residências, no âmbito do Programa Nacional Habitacional de construção de 200 fogos por municípios, um balcão do Banco de Poupança e Crédito (BPC), edificação de uma escola de 12 salas, na sede comunal e de duas outras de três salas cada nas localidades de Ulimba e Ngango.
A par das referidas obras de carácter social, a comuna vai ainda beneficiar de um centro de saúde, com capacidade para 20 camas.
A administradora comunal a­vançou ainda que está em fase terminal a construção de uma escola com três salas, na localidade de Ndulo Epalanga.
A comuna de Calussinga possui uma população estimada em 4.695 habitantes, seis aldeias e 13 embalas, sendo que a população é maioritariamente camponesa e produz milho, feijão, mandioca, ginguba, entre outros produtos, segundo Faustina Mbundo.
A população de Calussinga, uma das principais comunas da província do Bié, dedica-se igualmente à criação de gado bovino, suíno e caprino.

Tempo

Multimédia