Províncias

Magistério primário abre no próximo ano

José Chaves | Nharea

O município da Nharea, na província do Bié, vai passar a ter, no próximo ano lectivo, uma escola do Magistério Primário, que vai colmatar a carência em termos de formação de professores na região, anunciou a administradora local, Maria Lúcia Chicapa.

Mais crianças vão poder ser inseridas no processo normal de ensino e aprendizagem
Fotografia: Jornal de Angola

A responsável municipal afirmou que a escola está em fase de acabamento e vai ter capacidade para mais de mil alunos, repartidos em dois turnos, ao mesmo tempo que realçou a importância dela, “por haver muitos professores admitidos no quadro docente sem formação no ramo da pedagogia”.
O estabelecimento também abre oportunidade de ingresso a jovens que se encontram fora do sistema normal de ensino, acrescentou.A escola do Magistério Primário de Nharea vai ter seis salas de aulas, uma outra de professores, gabinetes para o director e seu adjunto, secretaria e um pátio. A obra, orçada em 30 milhões de kwanzas, está inserida no Programa de Investimentos Públicos.
O director provincial da Educação do Bié, Basílio Caetano, sublinhou que o plano elaborado pelo sector contempla várias acções destinadas a responder aos desafios actuais do sector. Das acções previstas, recordou, constam a formação permanente de docentes a vários níveis e a criação de condições para o ensino à distância, destinado a professores de níveis académico baixos que leccionam nas zonas rurais.
Em Nharea estão matriculados no presente ano lectivo 37.365 alunos, da iniciação a 12ª classe. O processo de ensino e aprendizagem é assegurado por  1.478 professores. O município da Nharea tem 281 escolas, sendo 269 do ensino primário.

Tempo

Multimédia