Províncias

Maioria dos alunos é do sexo feminino

Afonso Belo | Cuito

As mulheres, 48.585 entre os 67.817 alfabetizandos matriculados em toda a província, continuam a ser quem mais frequentam as aulas do ensino de adultos no Bié, confirmou ontem o director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia.

Basílio Caetano referiu que o número de homens é bastante inferior ao das mulheres que continuam a ser as mais interessadas em apreender a ler e escrever. As aulas na província do Bié são asseguradas por 1.061 alfabetizadores, 141 dos quais subvencionados pela Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia e parceiros, como organizações não-governamentais, partidos políticos e associações femininas ligadas às Igrejas Católica e Evangélica.
Basílio Caetano declarou que os alfabetizandos recebem cadernos, quadros pretos, giz, lapiseiras e lápis de carvão do Governo Provincial.  Quanto ao programa “Sim eu Posso”, promovido pela Embaixada de Cuba em parceria com o Executivo, declarou que decorre dentro da normalidade possível e é prejudicado pela falta de luz eléctrica em muitas das comunidades.
O vice-governador da província do Bié para a esfera Política e Social, Carlos Ulombe da Silva, recordou que apenas se combate a fome e a pobreza com pessoas instruídas e que o Governo Provincial tem políticas de aceleração escolar destinadas a facilitar o ensino dos que não tiveram hipótese de estudar, em todas as comunidades.

Tempo

Multimédia