Províncias

Mais infra-estruturas de impacto social inauguradas no município do Cunhinga

Afonso Belo | Cunhinga

O município do Cunhinga, província do Bié, conta, desde segunda-feira, com mais um posto médico e um dormitório, com oito compartimentos, para professores e enfermeiros colocados na comunidade de Bombo.

Pessoal médico na província do Bié tem melhores condições de trabalho e habitação
Fotografia: Jornal de Angola

O município do Cunhinga, província do Bié, conta, desde segunda-feira, com mais um posto médico e um dormitório, com oito compartimentos, para professores e enfermeiros colocados na comunidade de Bombo.
As obras, com material local, duraram 90 dias. A construção e o apetrechamento orçaram em cerca de 8,9 milhões de kwanzas.
 A localidade beneficiou ainda de um centro de calamidades, para acomodar, a título temporário, famílias afectadas por fenómenos naturais.  O centro de calamidades foi construído no quadro do programa municipal integrado de desenvolvimento rural e combate à pobreza e ficou orçado em cerca de 2,5 milhões de kwanzas.  
Celeste Elavoco, administradora do Cunhinga, afirmou que, com a inauguração do posto de saúde, a população deixa de percorrer longas distâncias à procura de primeiros socorros.
 Quanto à inauguração de dormitórios para enfermeiros e professores, Celeste Elavoco assegurou que o mesmo permite que os funcionários estejam melhor acomodados.
 O professor António  Chianssingui revelou que quando foi colocado na comunidade do Bombo, teve de passar noites em casa dos sobas.
 O novo dormitório, disse o professor  António  Chianssingui, possui boas condições, o que dignifica a pessoa e a profissão.

Tempo

Multimédia