Províncias

Mais quadros para o mercado

José Chaves | Andulo

Um total de 89 novos técnicos formados em mecânica, produção vegetal e animal no Instituto Médio Agrário do Andulo, na província do Bié, foram lançado para o mercado do trabalho e estão disponíveis a contribuírem para o desenvolvimento da região, informou o director do estabelecimento do ensino.

Anunciados novos cursos no instituto médio
Fotografia: José Soares | Edições Novembro

António Sicato manifestou-se satisfeito pela qualidade académica e profissional dos novos quadros colocados no mercado de trabalho, referindo que se trata de grandes talentos que podem contribuir para o desenvolvimento da província, caso forem bem aproveitados.  
Para os cursos médios, a formação teve a duração de quatro anos e concluíram a 67 técnicos, ao passo que o básico com menos um ano, foram formados 22 especialistas.
 O Instituto Agrário jogo um papel importante para a população estudantil, na medida em que a formação técnica fortalece o sector da Educação. O director do instituto escolar anunciou o aumento  de  cursos na instituição, entre eles os de recursos florestais e outro de transformação e conservação de produtos, o que, sublinhou, vai possibilitar o ingresso de mais alunos no sistema de ensino.
O Instituto Médio Agrário do Andulo, considerado uma referência  na formação de técnicos básicos de mecanização agrícola e técnicos médios de produção animal e Vegetal, foi instituído  em 2008 pelo Executivo.
Com capacidade para 1.440 alunos, a instalações dispõe de 18 salas de aula, laboratórios de física, química, biologia, informática e zootecnia, completamente apetrechados com equipamentos modernos. Além da componente teórica, os estudantes também recebem aulas práticas, ministradas em campos agrícolas cultivados por eles. Esta componente tem um aviário para a produção animal.
O instituto conta com um internato para os estudantes, o que permite receber jovens de todo o país que vão à procura de formação de qualidade. Desde a criação da instituição, foram já formados mais de 800 técnicos nas mais diversas especialidades.
O director do Instituto Médio Agrário do Andulo informou que a instituição tem disponíveis para o presente ano lectivo 143 vagas para os cursos de produção vegetal, produção animal, gestão agrícola de recursos florestais, básico profissional de mecanização agrícola e auxiliares de agricultura. As matrículas encerram no dia 12. 

Tempo

Multimédia