Províncias

Malnutrição no Bié está controlada

Mário de Carvalho | Cuito

O Hospital Geral do Bié registou, no segundo semestre deste ano, 35 casos de malnutrição, um número substancialmente inferior em relação ao mesmo período do ano passado, em que foram notificados mais de 100 casos, disse ao Jornal de Angola o director clínico da instituição.

Fotografia: DR

O Hospital Geral do Bié registou, no segundo semestre deste ano,  35 casos de  malnutrição,  um número substancialmente inferior em relação ao mesmo período do ano passado, em que foram notificados mais de 100 casos, disse ao Jornal de Angola  o director clínico da instituição.João Menezes frisou que o desmame precoce da criança constitui uma das causas  para a malnutrição. “O aleitamento materno deve estender-se até aos dois anos de idade. Passa-se que nas comunidades muitas mulheres engravidam anualmente e mesmo continuando a amamentar o bebé o seu leite já perde propriedades”, sublinhou João Menezes, acrescentado que  outra causa é o consumo de alimentos sem qualquer  proteína.

“Para o combate à malnutrição”,  disse João Menezes , “tem de se sensibilizar a população, principalmente as mulheres, para observarem um intervalo ao engravidarem e primarem por uma alimentação saudável”     

Tempo

Multimédia