Províncias

Mau estado do troço preocupa condutores

Automobilistas que circulam na Estrada Nacional  nº 250, entre o Cuemba e o Cuito, que passa por Catabola e Camacupa, pedem às autoridades que concluam  os trabalhos de reabilitação da via, devido ao seu avançado estado de degradação.

Em declarações ontem ao Jornal de Angola, os automobilistas alertaram para a necessidade de uma intervenção no troço de 162 quilómetros de estrada, cuja degradação compromete o desenvolvimento da localidade. O automobilista Miguel Chapua adiantou que o mau estado da estrada tem dificultado a circulação e provocado danos à viaturas e referiu ser imperioso que as estruturas de direito resolvam a situação, tendo em conta o período chuvoso.
Para o camionista Artur Sonenha, a situação da estrada é crítica, visto que o mau estado tem impedido que haja investimentos na região. “Os buracos que surgem na estrada vão aumentando diariamente, sem nenhuma intervenção de quem deve fazê-lo”, lamentou.
A comerciante Arlete Chitula manifestou-se constrangida com o mau estado da via, visto que para chegar ao município do Cuemba demora-se mais de cinco horas.
 No troço, apenas podem transitar viaturas todo-o-terreno, devido aos buracos e charcos causados pela chuva.
O Ministério da Construção consignou, em Novembro de 2014, as obras de asfaltagem do troço rodoviário que liga o Cuito ao Cuemba, que passa por Catabola e Camacupa, mas as obras têm sofrido interrupções pelo empreiteiro.

Tempo

Multimédia