Províncias

Melhorada assistência médica

Delfina Victorino| Cuito

O director provincial da Saúde no Bié, João Campos, defendeu no Cuito a melhoria das condições de trabalho e de serviços especializados nas unidades hospitalares, para diminuir o elevado número de transferências de pacientes para a província do Huambo.

João Campos revelou que autoridades querem resolver os problemas que o sector ainda enfrenta localmente, no sentido de elevar a qualidade dos serviços sanitários da província.O responsável apontou a falta de médicos especializados em áreas como a maxilo-facial, oftalmologia e urologia, entre outras, como algumas deficiências do sector. A província ainda tem postos de saúde com dois enfermeiros apenas para atender um número considerável de pacientes que recorrem aos seus serviços. João Campos anunciou a elaboração de planos municipais de desenvolvimento sanitário, com vista à melhoria da gestão dos recursos hospitalares.
O responsável sublinhou que as administrações municipais devem aplicar medidas eficazes para melhorar as condições de trabalho nas unidades hospitalares.
João Campos considerou que o trabalho das parteiras tradicionais nas unidades sanitárias das zonas rurais tem ajudado a reduzir a taxa de mortalidade materno-infantil.
Em relação à prestação de serviços de alguns enfermeiros, o director provincial da Saúde reconheceu a falta de humildade e humanismo por parte destes, mas advertiu que as autoridades do sector vão tomar medidas disciplinares quando tomarem conhecimento de casos concretos.

Tempo

Multimédia