Províncias

Milhares no Bié documentados

José Chaves| Nharea

A secção de Identificação Civil e Criminal do município da Nharea, Província do Bié, emitiu 6.098 Bilhetes de Identidade durante o ano passado e registou 6.433 crianças menores de 13 anos.

Segundo o chefe da repartição dos Serviços de Identificação Civil, Abel Chambula, o número de documentos emitidos deve-se à celeridade empreendida pelos funcionários do sector na recolha, análise e triagem dos documentos dos solicitantes, assim como na inserção dos dados no Arquivo Nacional de Identificação Civil, para atribuição do número identificativo e a respectiva impressão digital.
O responsável acrescentou que a instituição atendeu também casos de cidadãos das províncias de Malanje, Cuanza Sul e dos municípios de Andulo, Catabola, Cuemba e Camacupa, no Bié.

Atrasos na entrega

Sublinhou que o atraso na entrega dos Bilhetes de Identidade aos requerentes não é uma constante, embora tenham sido notificados alguns casos provocados pela complexidade e conectividade com o sistema ou pela identificação de dados semelhantes na base de dados do Arquivo Nacional de Identificação Civil.
Abel Chambula salientou que, durante o ano passado, os Serviços de Identificação Civil e Criminal atenderam 626 pessoas que solicitaram registo criminal.
A loja dos Registos de Nharea foi inaugurada em 2013 pela secretária de Estado da Justiça, Maria Isabel Tormenta dos Santos, no âmbito do programa de modernização do sector.

Tempo

Multimédia