Províncias

Missão Católica do Vouga volta a ter alunos internos

Matias da Costa | Cuito

A Missão Católica do Vouga, no município do Kunhinga, no Bié, volta a ter condições para receber alunos em regime de internato, graças às obras de remodelação, ampliação e modernização efectuadas na Igreja e no Centro religioso.

A Missão Católica do Vouga, no município do Kunhinga, no Bié, volta a ter condições para receber alunos em regime de internato, graças às obras de remodelação, ampliação e modernização efectuadas na Igreja e no Centro religioso.
Com capacidade para albergar cerca de 60 alunos até aos 18 anos, o centro foi reconstruído através de padrões modernos e dispõe de novos equipamentos escolares.
O governador do Bié, Boavida Neto, afirmou que estas instalações têm em conta os 11 compromissos para com a criança estabelecidos pelo Executivo angolano.
Boavida Neto, que falava para os novos alunos do centro, pediu-lhes para cultivarem o espírito de paz e reconciliação no relacionamento com os demais.
O director do centro, Adriano Satone, salientou que a escola tem recebido solicitações de enquadramento de jovens das províncias de Malange, Luanda e Huambo.
A instituição matriculou, até ao momento, 40 alunos, que vão frequentar aulas da 5ª à 8ª classe.
Alfredo Carlos, aluno interno, prometeu tudo fazer para cumprir as orientações da direcção do internato e da escola.
A Missão do Vouga, destruída em 1992, ficou orçada em 14 milhões de kwnazas. A sua reconstrução foi realizada no âmbito do programa de impacto socioeconómico do governo provincial.

Tempo

Multimédia