Províncias

Mordeduras de cães raivosos causam mortes em Catabola

Afonso Belo| Kuito

Os Serviços de Veterinária da província do Bié registaram, desde o passado mês de Janeiro, 18 mordeduras de cães raivosos no município de Catabola, 57 quilómetros a Leste do Kuito, disse, ontem, ao Jornal de Angola, o administrador municipal, Antunes Sapalo.

Em quase todas as províncias os cães raivosos têm estado a causar mortes de pessoas
Fotografia: Jornal de Angola

 

Os Serviços de Veterinária da província do Bié registaram, desde o passado mês de Janeiro, 18 mordeduras de cães raivosos no município de Catabola, 57 quilómetros a Leste do Kuito, disse, ontem, ao Jornal de Angola, o administrador municipal, Antunes Sapalo.
As referidas mordeduras, deu a conhecer, causaram a morte de oito pessoas. Três membros da mesma família foram, ao princípio desse mês, mordidos pelo cão de casa. Os mesmos foram evacuados, de emergência, para o hospital geral no Kuito, onde receberam a vacina anti rábica.
Para conter tal situação, a Administração do município, em colaboração com os Serviços de Veterinária na região, está a desenvolver um trabalho de sensibilização dos criadores de animais de estimação como cães, gatos, macacos e outros para os manter nos quintais das suas residências, enquanto se aguarda pela construção de um canil no município.
Antunes Sapalo disse que “enquanto se espera pela construção do canil, foram constituídas equipas, de que fazem parte efectivos da Polícia Nacional, dos Serviços de Veterinária e dos Serviços Básicos para abater animais vadios”.
Quanto à vacinação de animais, o município realizou, recentemente, duas campanhas que foram realizadas em todas todas as comunas.
A vila sede de Catabola e as comunas da Caiuera, Sande e Chiuca são as localidades onde se registam maior número de pessoas mordidas por cães raivosos.

Tempo

Multimédia