Províncias

Morgue do hospital beneficia de obras

Matias da Costa|Chinguar

Um milhão e oitocentos e dez mil kwanzas é o valor necessário para recuperar a morgue do Hospital Municipal do Chinguar, na província do Bié, que se encontra paralisada há um ano e seis meses, segundo o administrador executivo da unidade hospitalar.

Reabilitação da morgue termina no fim do mês em curso
Fotografia: Matias da Costa-Chinguar | Edições Novembro

Adérito Silivele salientou que, do valor em causa, já foram disponibilizados pelo Governo local novecentos e cinco mil kwanzas, acrescentando que a empresa encarregue pelas obras garante que até finais de Julho a morgue volta a prestar serviços de manutenção de corpos.
A morgue, que deixou de funcionar por avaria geral nas seis gavetas, atendia também ocorrências do município do Cachiungo, na província do Huambo. Com a paralisação, familiares com óbitos registados naquela unidade hospitalar são obrigados a removerem de imediato os corpos de seus parentes, para suas residências.
Adérito Silivele manifestou-se também preocupado com o facto de o município localizar-se próximo da Estrada Nacional 250, onde o registo de acidentes é frequente.
O administrador do hospital sublinhou que são registadas na região várias mortes por acidentes, principalmente de pessoas sem parentes localizados e que têm sido enterradas com urgência, por falta de condições no município.
A morgue do Chinguar foi construída em 1963 e está sob gerência do Hospital Municipal e do centro materno infantil.

Tempo

Multimédia