Províncias

Mortalidade materno-infantil em avaliação

Delfina Vitorino | Cuito

A UNICEF vai continuar a dedicar uma atenção especial às actividades que visam a redução da mortalidade materno-infantil nas localidades mais distantes da província do Bié.

O representante da agência da ONU no Bié, Manuel Francisco, salientou que em 2006 começaram os trabalhos no sector da Saúde, com um pacote oferecido às unidades sanitárias dos municípios do Cuito, Andulo e Camacupa, beneficiando 50 por cento da população das zonas.
A União Europeia, a USAID, a UNICEF e parceiros locais concentraram as suas actividades no programa de combate à má nutrição, para evitar e minimizar os vários casos ligados à doença.
Manuel Francisco disse que outro projecto de grande relevância é o “Escola amiga da criança”, que está relacionado com a mudança de comportamento das crianças, desde a  higiene à preservação das estruturas escolares. Outro projecto, denominado Zonas de Influência Pedagógica, está relacionado com a transmissão de experiências e de conhecimentos ligados à planificação e gestão escolar.
Manuel Francisco considerou que os dois projectos podem interferir positivamente na qualidade do ensino e na aprendizagem dos alunos das escolas beneficiadas. Foram formados 70 professores do ensino primário dos municípios de Catabola, Chitembo e Andulo.

Tempo

Multimédia