Províncias

Município do Andulo apresenta sinais de crescimento sustentável

José Chaves

Andulo, na província do Bié, celebra hoje 47 anos desde que foi elevada à categoria de vila, com claros sinais de progresso, em quase todos os domínios.

Ângulo da sede do Andulo, que assinala mais um aniversário
Fotografia: Edson Fabrízio | Edições Novembro | Bié

Imagens de destruição durante o período de guerra fazem parte do passado. E nesta qualidade, apesar da crise económica e financeira, o município vê as suas infra-estruturas ligadas aos sectores da educação, energia e águas, vias rodoviárias urbanas e a rede sanitária em franco desenvolvimento.
Os escombros deram lugar a várias infra-estruturas sociais, como escolas, hospitais, centros e postos de saúde, sistemas de captação e fornecimento de água potável, energia eléctrica, enquanto no domínio económico se assinala a reactivação de vários projectos agrícolas e a criação de novos.
A administradora municipal do Andulo, Celeste Adolfo, recorda que com o alcance da paz definitiva, em 2002, o Governo criou programas que estão a permitir recuperar o potencial agropecuário.
“O município hoje tem um número considerável de infra-estruturas, umas construídas de raiz e outras recuperadas, enquanto a estrada para o Andulo está a ser reparada, possibilitando aos automobilistas e turistas uma viagem tranquila”, refere. A administradora Celeste Adolfo destaca a construção de novas escolas nos bairros Cachitele, Agostinho Neto, Maxinde, Hospital, Chicala-Lunduimbale e Chivili-2, para reduzir o número de crianças fora do sistema de ensino. As obras tiveram início no passado mês de Abril e prolongam-se por oito meses.
 Apesar de  terem melhorado algumas vias da zona urbana, as que fazem a ligação entre a sede municipal e as comunas, nomeadamente a de Calussinga e Cassumbe continuam a ser um grande problema para os habitantes das localidades do interior.
A administradora municipal do Andulo, apesar de reconhecer haver ainda muitos problemas por solucionar, acredita em dias melhores e apontou algumas conquistas alcançadas nos sectores da educação, energia e águas e vias urbanas.
Para satisfação dos habitantes, o município alberga o maior Instituto Médio Agrário da província do Bié. A instituição recebe, também, alunos internos e externos oriundos de outras regiões do país. Para assinalar a data, realiza-se até ao próximo dia 31 diversas actividades, como palestras sobre as potencialidades económicas e turísticas da região, com o objectivo de atrair investidores. Estão também agendadas uma feira agropecuária e diversas actividades culturais, desportivas e recreativas.
Andulo possui um grande potencial turístico, que aguarda por investidores.

Tempo

Multimédia