Províncias

Notícias de hora a hora chegaram há três meses

José Chaves | Andulo

O Centro de produção da Rádio Nacional de Angola e os Gabinetes de Correspondência da ANGOP, TPA e Jornal de Angola, no município do Andulo, a 130 quilómetros do Cuito, em funcionamento há mais de três meses, têm estado a permitir à população manter-se melhor informada.

O Centro de produção da Rádio Nacional de Angola e os Gabinetes de Correspondência da ANGOP, TPA e Jornal de Angola, no município do Andulo, a 130 quilómetros do Cuito, em funcionamento há mais de três meses, têm estado a permitir à população manter-se melhor informada.
Essa pelo menos a opinião de Joaquim Ribeiro, responsável do Conselho Provincial da Juventude, que disse ao Jornal de Angola estar “contente com o trabalho que está a ser desenvolvido pelos diferentes órgãos de comunicação instalados no nosso município”.
Mário Camuluta, outro habitante do Andulo, disse que “desde que o centro de produção da RNA está em funcionamento, nós estamos a acompanhar todas as actualidades do país e do resto do mundo”.
Fernando Martins Chicapa, jornalista e coordenador do centro de produção da Rádio Nacional de Angola no Andulo, faz um balanço positivo do trabalho realizado, desde que o centro de produção entrou em funcionamento. “O balanço destes 90 dias de funcionamento é positivo, a população local recebeu com bastante satisfação a abertura dos órgãos de comunicação social, em especial a rádio”, afirmou.
Fernando Chicapa disse ainda que “o projecto de expansão dos media para os municípios é uma valia para as pessoas que residem nestas localidades, pois vai permitir que a população fique mais informado sobre tudo o que se passa no país e no mundo”.

Tempo

Multimédia