Províncias

Novas estratégias para reduzir casos

Delfina Victorino | Cuito

A criação de novas estratégias para a redução do elevado número de casos seropositivos na província do Bié foi proposta recentemente pelo vice-governador para a Esfera Social e Política, Carlos Ulombe da Silva.

Durante um encontro que juntou quadros locais da Saúde, frisou que o sector da Educação deve zelar pela formação dos professores, no sentido de sensibilizarem os estudantes para a prevenção da doença. Carlos Ulombe da Silva apontou a fraca informação sobre a epidemia e a presença de estrangeiros de diversas nacionalidades, que se deslocam à província para realizar negócios, como as principais causas do aumento de infectados.
Além disso, salientou que pelo facto de haver, em muitos casos, falta de sigilo por parte dos profissionais de Saúde, alguns paciente infectados com o vírus da sida optam por se tratar fora do país.
O vice-governador deu ordens para a execução do plano trimestral das acções do sector da Saúde, especificando as estratégias no sentido de se atingirem melhores resultados.
Chamou também a atenção em relação aos métodos de prevenção da doença, tendo em conta a diversidade de opiniões em relação ao uso de preservativos, a fidelidade e a abstinência sexual.
O vice-governador referiu, também, que a direcção local da Cultura, através dos espectáculos musicais, pode aproveitar a presença dos jovens nestas actividades para aconselhar sobre os métodos a utilizar para prevenir a doença.

Tempo

Multimédia