Províncias

Novas salas no Cunhinga

O sector da Educação no município do Cunhinga, 30 quilómetros a norte da cidade do Cuito, província do Bié, conta com uma nova infra-estrutura, erguida no âmbito do Programa dos Serviços Municipalizados.

As obras do edifício duraram 90 dias e custaram aos cofres do Estado mais de cinco milhões de kwanzas. O edifício tem três gabinetes, uma secretaria-geral, igual número de salas de reuniões, entre outros compartimentos.
A administradora do Cunhinga, Celeste Adolfo, fez saber que mais projectos sociais vão ser construídos na circunscrição com vista a contribuir para a melhoria da qualidade do ensino e aprendizagem dos alunos.
Este ano, mais de 60 mil alunos estão matriculados nos vários subsistemas de ensino do município do Cunhinga. A municipalidade possui 200 escolas e conta 1.230 professores do ensino primário e do segundo ciclo. Alunos do ensino primário na localidade de Omala, município de Cuanhama, província do Cunene, contam com uma nova escola com três salas. A infra-estrutura, inaugurada pelo governador António Didalelwa, dispõe ainda de um escritório, uma secretaria e igual número de salas de professores.
O empreendimento custou aos cofres do Estado sete milhões e 621 mil e 602 kwanzas.
O governador da província do Cunene, António Didalelwa, manifestou-se orgulhoso pelo facto de as crianças aprenderem a escrever e a ler em boas condições e lembrou que a educação é um direito consagrado universalmente, pelo que o governo do Cunene vai continuar a expandir o ensino a nível de toda província.

Tempo

Multimédia