Províncias

Novo centro de saúde no Munhango

O governador da província do Bié, Álvaro de Boavida Neto, garantiu ontem, na cidade do Cuito, que as comunas do Munhango (Cuemba) e Chiúca (Catabola) vão beneficiar este ano de um centro de saúde cada.

Serviços de saúde chegam às aldeias dos municípios do Cuemba e Catabola no Bié
Fotografia: Arão Martins

Em declarações à Angop, Álvaro de Boavida Neto admitiu haver um ligeiro atraso por parte dos empreiteiros, sobretudo devido ao mau estado das vias, associada às fortes chuvas que se abatem sobre a região planáltica do Bié. Mesmo assim, Boavida Neto considerou que as empreitadas estão a ser bem executadas.
O governador confirmou que nos últimos três anos foram construídos 28 centros e postos de saúde em várias comunas da província do Bié.
Álvaro de Boavida Neto pontualizou ainda que a conclusão dos centros de saúde de Chiúca e Cuemba vão contribuir no alargamento da assistência médica e medicamentosa às populações e reduzir as deslocações aos centros de saúde municipais.
Sem revelar o montante empregue na construção dos empreendimentos, o governador adiantou que os dois centros de saúde vão comportar secções de pediatria, medicina, maternidade, banco de urgência, puericultura, vacinação, áreas de consulta pré-natal, pós-parto, genecologia e de obstetrícia.
A ideia, de acordo com Álvaro de Boavida Neto, é colocar à disposição das populações os serviços essenciais de saúde às zonas mais longínquas da província, de modo a reduzir as assimetrias regionais e as enchentes que se registam nas unidades hospitalares das sedes municipais.
Assegurou que o Governo da Província do Bié pretende construir e ampliar os postos de saúde localizados nas embalas e aldeias, para prestarem um melhor serviço às populações locais.

Tempo

Multimédia