Províncias

Obras dão outro impulso à localidade

João Constantino | Umpulu

Os serviços sociais a nível da comuna do Umpulu, cerca de 100 quilómetros do município de Camacupa, vão estar reforçados, em breve, com a entrada em funcionamento de uma escola, sistema de água potável e de casas para funcionários públicos.

Estão a ser construídas várias infra-estruturas de impacto social para melhorar a qualidade de vida da população da região
Fotografia: Paulo Mulaza

Além dos empreendimentos acima referidos, aquela localidade da província do Bié vai dispor ainda de casas sociais e de uma esquadra policial, no âmbito do Programa Municípal de Desenvolvimento Rural e de Combate à Fome a à Pobreza.
Para conferir o andamento dos trabalhos, o governador provincial do Bié, Boavida Neto, visitou as obras e pediu mais responsabilidade aos empreiteiros, para que se atinjam a qualidade e a durabilidade nas construções.
Outros programas estão a ser levados a cabo. Por exemplo, a estrada que liga a sede comunal do Umpulu à principal vila do município de Camacupa, num percurso de 100 quilómetros, está a ser reabilitada.
Durante os trabalhos de reabilitação da via, a empreiteira Engevia vai se encarregar pela colocação do asfalto e de outros meios de sinalização e facilitação do trânsito, enquanto a empresa Imbodex tem a missão de colocar as pontes e pontecos. Durante a visita, o governo procedeu a entrega à população de alguns empreendimentos já concluídos, com destaque para o centro médico, escola do primeiro ciclo, casas para técnicos da Saúde e da Educação, bem como da sede da administração local e de um sistema de água potável. O governador Boavida Neto prometeu dias melhores para a população da região, principalmente com a abertura da via Umpulu/Camacupa, que vai ajudar a relançar as trocas comerciais. Apesar dos esforços, Umpulu ainda enfrenta dificuldades com a falta de energia eléctrica, serviços de telefonias fixa e móvel, bancos comerciais e de transportes públicos.

Tempo

Multimédia