Províncias

Obras de reabilitação recomeçaram sábado

José Chaves | Andulo

As obras de reabilitação da Estrada Nacional que liga o Cuito e Andulo, num percurso de 130 quilómetros, foram relançadas sábado, após três anos de interrupção dos trabalhos, por questões financeiras.

Troço entre Cuito e Andulo em obras
Fotografia: Joral de Angola |

O acto de relançamento dos trabalhos foi efectuado pelo director do Instituto Nacional de Estrada de Angola (INEA), António Resende, na comuna do Cunje, na presença do governador Álvaro de Boavida Neto. António Resende sublinhou que a reparação da estrada se enquadra no Programa de Investimentos Públicos, que contempla a execução de projectos de impacto social e económico na província do Bié.
Os trabalhos de asfaltamento da Estrada Nacional nº 140 vão ser concluídos dentro de dois anos. O Ministério da Construção procedeu ao relançamento das obras de   asfaltagem dos 140 quilómetros entre Cuito e Andulo, Cuito, Catabola e Camacupa, na província do Bié. Estes esforços, disse o governador provincial Boavida Neto, vão contribuir para o desenvolvimento o da região, já que a fluidez do tráfego permite o incremento das trocas comerciais e facilita a deslocação dos cidadãos. O governador do Bié anunciou que as principais estradas da província estão a ser recuperadas. O seu mau estado tem comprometido o pleno funcionamento dos serviços sociais postos à disposição da população do Andulo, uma vez que os funcionários e técnicos enfrentam muitas dificuldades para chegar aos postos de trabalho.
Elisabete Fernandes, residente na comuna de Calussinga, considera que os trabalhos de terraplanagem em curso vão ajudar a diminuir e as dificuldades de circulação. O automobilista Manuel Canjongo diz que "muita coisa vai mudar na vida da população com a reabilitação das estradas", principalmente a nível do escoamento de produtos do campo para os grandes mercados de consumo, que passa a ser feito de forma mais rápida e segura.

Tempo

Multimédia