Províncias

Obras no troço entre Cuito e Andulo várias vezes interrompidas

José Chaves | Andulo

As obras de reabilitação do troço que liga a cidade do Cuito ao município do Andulo, na  Estrada Nacional 140, já duram há quase nove anos, e foi várias vezes consignada a diversas empresas, sendo a  Planasul a actual empreiteira,  depois de terem sido atribuídas inicialmente à  construtora Paviterra.

Alguns troços da Estrada Nacional 140 na região do Andulo estão debilitados
Fotografia: Domiano Fernandes

A reparação da via que visa também o seu alargamento, começou em 2010,  e continua a registar muitas interrupções. Esta estrada dá acesso as províncias do Bié, Huambo, Cuanza-Sul e Malanje.
Automobilistas que circulam na referida via estão agastados com o atraso das obras  numa extensão de 130 quilómetros. Mariano Chatandula,  condutor  que circula com frequência no troço, disse que a empresa à quem foi adjudicada a empreitada deve ser responsabilizada.  “O Estado gasta dinheiro para reabilitar as infra-estruturas sociais e económicas, para garantir o bem-estar da população. Por isso, os empreiteiros devem cumprir com as suas obrigações”, desabafou.
Domingos Fausto, taxista que faz diariamente o mesmo percurso, sublinhou que o atraso dos trabalhos cria inúmeros constrangimentos no dia-a-dia das populações das localidades adjacentes, daí a necessidade de o Governo tomar medidas urgentes para solucionar a situação.

Tempo

Multimédia