Províncias

Pesca artesanal no Bié com novas embarcações

Delfina Victoriano | Kuito

Pelo menos 64 embarcações foram entregues durante este ano aos pescadores de diversos municípios da província do Bié, com vista à reactivação do programa de fomento da pesca artesanal, revelou na segunda-feira o director provincial da Agricultura, Desenvolvimento Rural e das Pescas, Marcolino Rocha Sandemba.

Pelo menos 64 embarcações foram entregues durante este ano aos pescadores de diversos municípios da província do Bié, com vista à reactivação do programa de fomento da pesca artesanal, revelou na segunda-feira o director provincial da Agricultura, Desenvolvimento Rural e das Pescas, Marcolino Rocha Sandemba.
Cada pescador recebeu, entre vários bens, canoas, redes, vacas, caixas térmicas, cestos.
Os mesmos beneficiaram igualmente de formação básica sobre as técnicas de captura, acção levada a cabo por profissionais do Instituto de Pesca Artesanal do Ministério de tutela. Fruto destas condições criadas, cerca de 25.000 quilogramas de pescado foram capturados durante o segundo semestre do ano.
Para aumentar a captura, foram preparados mais 88 canoas que trabalham a motor, que serão distribuídas às restantes associações ainda em fase de criação.
O director provincial disse que existem associações que estão na fase de renovação das suas embarcações, tendo adiantado, como exemplo, o facto de pescadores do município de Camacupa, pertencentes à uma das cooperativas, terem criado um fundo rotativo para a prática da pesca no rio Cuiva.
Marcolino Sandemba sublinhou que as condições existentes actualmente não permitem que se faça um levantamento profundo das actividades pesqueiras realizadas em todas as localidades da província. Por isso, está a ser feito um trabalho no sentido de organizar o sistema de obtenção de dados.
O responsável salientou ainda que existem pescadores que usam as canoas para fazer a travessia de uma margem para outra, podendo ajudar a população residente nas margens dos rios existentes em diversas localidades do Bié.

Tempo

Multimédia