Províncias

Pescadores em formação sobre métodos e arte da pesca

Mário de Carvalho |Cuito

Um grupo de 30 pescadores e técnicos de agricultura estão desde terça-feira a receber conhecimentos sobre tipos e métodos da arte da pesca, no município de Kamacupa, província do Bié.

Homens do anzol falam de técnicas
Fotografia: Paulo Mulaza

Um grupo de 30 pescadores e técnicos de agricultura estão desde terça-feira a receber conhecimentos sobre tipos e métodos da arte da pesca, no município de Kamacupa, província do Bié.
Os participantes estão a aprender corte e reparação do pano de rede, importância da recolha de dados de captura e organização de segurança a bordo. O programa da acção formativa inclui temas relacionados com a situação de emergência, pedido de socorro, abandono da embarcação e sobrevivência na água, e nomenclatura da embarcação.
Aspectos relacionados com a navegação em mau tempo, costura de cabos e falcaças e manutenção da embarcação, o tamanho da malha, zonas para a reprodução das espécies, pesca de arrasto e de banda, são outros assuntos a abordar durante a formação. A culminar, os pescadores vão participar numa actividade prática no rio Kuquema, um dos maiores rios da região. Os formadores desta acção são técnicos provenientes da capital do país.
A província do Bié reúne condições favoráveis para desenvolvimento da pesca continental, dada a existência de  rios, lagoas e caudais longos.

Tempo

Multimédia