Províncias

População em zonas de risco faz formação sobre minas

Matias da Costa | Cuito

Mais de 500 pessoas dos municípios de Andulo, Kunhinga, Chitembo e Nharea, no Bié, participam, desde o primeiro trimestre deste ano, numa acção formativa de prevenção contra as minas.

Existem muitas áreas na província do Bié com minas o que dificulta a circulação
Fotografia: Jornal de Angola

Mais de 500 pessoas dos municípios de Andulo, Kunhinga, Chitembo e Nharea, no Bié, participam, desde o primeiro trimestre deste ano, numa acção formativa de prevenção contra as minas.
Manuel Sachitoma, chefe-adjunto das operações de desminagem da Organização Não-Governamental Hello Trust, que promove a formação, esta destina-se a esclarecer a população que vive em zonas de risco para os perigos que as minas representam e como elas devem ser evitadas.
Manuel Sachitoma revelou também que, no trimestre deste ano, a Hello Trust realizou 33 tarefas de desminagem, durante as quais e foram limpos quatro campos, abrangendo 109.818 metros quadrados e 98 quilómetros do troço Kunhinga-Andulo. “Reduzimos os riscos com minas”, disse.
O responsável salientou que a organização conta com 11 secções de trabalho e oito sapadores em cada uma delas.  Das actividades desenvolvidas pela ONG foram destruídas 53 minas anti-tanque, 30 minas pessoais e 66 engenhos explosivos não detonados.

Tempo

Multimédia