Províncias

Potencial do Bié exposto no município do Andulo

José Chaves

Uma feira agropecuária, com mais de 30 expositores, foi aberta no município do An-dulo, no Bié, no âmbito das celebrações do 47º aniversário da vila.

Fotografia: DR

Vários produtos do campo, com destaque para milho, feijão, soja, mandioca, tomate, cebola, alho, couve, repolho e diversas frutas como bana-na, abacaxi, laranja, bem como espécies de peixe da água doce, assim como gado, aves, mel, instrumentos de produção e de caça podem ser adquiridos na feira. 
A administradora municipal do Andulo, Celeste Adolfo, considerou a Feira Agropecuária do Andulo um incentivo ao desenvolvimento da região.
Celeste Adolfo disse que o certame, que reúne agricultores, pequenos empresários, homens da cultura, políticos e autoridades tradicionais, vai permitir mostrar as potencialidades do Andulo, que, pouco a pouco, vai recuperando o seu nível de produção agrícola. Salientou que o Andulo possui terras aráveis que permitem o cultivo de diversos produtos, bem como rios e fauna que oferecem diversas espécies de animais. 
O expositor Fonseca Sa-tula, da Fazenda Cachitecno, que produz essencialmente banana, afirmou que os produtos agrícolas expostos são frutos do trabalho e empenho dos camponeses, que tudo têm feito para ajudar o Executivo no combate à fome e à pobreza no seio das famílias, sobretudo daquelas que vivem nas zonas recônditas da província.
Paulino Secretário, outro expositor, disse à nossa reportagem que a sua fazenda está apostada no cultivo de abacaxi em grande escala. “Estou  satisfeito  pelo facto de o governo ter promovido a feira, que permite a permuta de produtos agrícolas e de ideias”, salientou.
A promoção das actividades agrícolas e agropecuárias, salientou, vai, além de criar postos de trabalho, diminuir as importações de muitos produtos, que podem ser produzidos localmente.

Tempo

Multimédia