Províncias

Principais vias rodoviárias são asfaltadas

José Chaves | Nharêa

As obras de reabilitação das principais vias rodoviárias da vila de Nharêa, na província do Bié, ficam concluídas antes do final do corrente ano, garantiu ontem ao Jornal de Angola a administradora municipal.

Trabalho que está a ser executado vai melhorar a circulação e também acabar com as nuvens de poeira que causam muitas doenças
Fotografia: Maria Augusta

Maria Lúcia Chicapa afirmou que as obras decorrem a bom ritmo. “Até ao momento, em termos de execução, a empreitada está cumprida em 90 por cento, o que permite deduzir que dentro de dois meses as populações de Nharêa vão ter uma estrada mais segura”, assegurou.
A reabilitação de 12 quilómetros asfaltados enquadra-se no programa de reabilitação de infra-estruturas integradas que o Executivo está a desenvolver, tendo em vista melhorar as condições de mobilidade.
Até ao momento, foram asfaltadas ruas dos bairros Operário, Jica, Hospital, Chivili, Santa Rosa e do centro da sede municipal.
Nesta fase está em curso a reabilitação de ruas e passeios de Nharêa, incluindo as redes telefónicas e fibra óptica, água potável, iluminação pública e drenagem de águas pluviais e residuais.
A colocação de asfalto está a cargo da empresa chinesa Sinohydro. A abertura de novas ruas na vila e a reabilitação das antigas constam do projecto de urbanização do município, que prevê a colocação de lancis, passeios, sinalização horizontal e vertical, e a instalação de sistemas de drenagem das águas residuais. A população da sede municipal de Nharêa manifestou satisfação com asfaltamento das principais vias rodoviárias da região.
“Estamos muito satisfeitos com o asfaltamento das ruas da nossa vila. Agradecemos ao Governo Provincial  pelo trabalho que desenvolve aqui, pois contribui para a melhoria da qualidade de vida das populações, bem como melhora a imagem da localidade”, disse António Lussati, morador do Bairro Hospital.
O morador sublinhou que, com o asfaltamento das ruas, ficam para trás as nuvens de poeira, que, em muitos casos, eram a causa de doenças respiratórias. 
Segundo Teresa  Fernanda, 28 anos, há muito que a população da vila de Nharêa esperava pelo asfaltamento das ruas.
O regedor municipal, Timóteo Severino, considerou que a recuperação das principais vias rodoviárias do município de Nharêa contribui para o desenvolvimento sustentável da localidade.

Tempo

Multimédia