Províncias

Produtores de café recebem sementes

José Chaves

Oito  mil mudas de café estão a ser  distribuídas  aos produtores do município de Nharea , na província do Bié , no âmbito do programa de relançamento desta  cultura , informou  ontem ao Jornal de Angola o responsável local da Agricultura,  Adelino Jamba.

Direcção de Agricultura do Bié recenseou 295 cafeicultores
Fotografia: Eduardo Pedro|Edições Novembro


O responsável apontou a falta de transporte como o grande empecilho para a “materialização efectiva” da renovação da cultura do café. As mudas entregues são da espécie arábica e substituem as plantações com mais de 50 anos.
Adelino Jamba  acrescenta que a província do Bié tem plantações que remontam a 50 ou mais anos, pelo que será necessário um trabalho intenso de renovação dos campos de produção.
“O sector da Agricultura projecta, paulatinamente, novas técnicas de cultivo, que estão de acordo com as actuais tendências da cafeicultura. Em Nharea, o café está a ser cultivado numa extensão de 640 hectares, nas povoações de Tarala, Cangologongolo e Jamba.  
As autoridades do município de Nharêa  estão apostadas no relançamento da produção do café  através da assistência técnica e formação de pessoal, assegurou Adelino Jamba,  adiantando ser necessário a implementação de preços atractivos para a motivação dos produtores.

Recomeço da produção
O responsável da Agricultura no município de Nharêa  disse que o programa de  relançamento da produção  abrange as comunas de Caieie, Dando, Gamba e Lubia. No quadro do programa está prevista a instalação de unidades de descasque no Andulo, Cuito e Camacupa.
Adelino Jamba revelou que o Executivo traçou um plano estratégico para o aumento da produção e a revitalização da indústria do café, no quadro da diversificação da economia.
A Direcção da Agricultura e Desenvolvimento Rural na província do Bié recenseou 295 cafeicultores, que trabalham uma área de 1.475 hectares.               x

Tempo

Multimédia