Províncias

Produtores de café recebem máquinas

José Chaves | Andulo

Os parques industriais dos municípios de Andulo e de Nharêa, no Bié, vão ganhar outra dinâmica, nos próximos tempos, principalmente na produção de café, quando forem instaladas ainda este ano máquinas de descasque do produto.

Fotografia: Jaimagem

Instaladas no âmbito do programa de fomento da indústria rural, as máquinas de descasque de café transformam o produto e aumentam os níveis de comercialização na região centro do país.
A informação foi prestada durante um encontro que a ministra da Indústria, Bernarda Martins, manteve com empresários daquela região, para constatar a situação da produção do café no Andulo e Nharêa.
No encontro, Bernarda Martins, além de prometer equipamentos de descasque de café, anunciou que decorre já a certificação dos empresários que vão gerir os meios, como confirmou o cafeicultor Ribeiro da Fonseca.
O empresário apontou como objectivos o aumento da produção, transformação e comercialização de café. “Estamos certos de que estas acções estimulam o produtor”, disse Ribeiro da Fonseca, que falava em nome dos produtores da região.
Ribeiro da Fonseca sublinhou que a província do Bié tem potencial para produzir café arábica em grande escala e um dos meios necessários passa pela instalação de máquinas de transformação do grão. Na década de 70 do século XX, a província do Bié ocupou um lugar cimeiro na produção de café.

Tempo

Multimédia