Províncias

Pulverizações com insecticida para redução da malária

Delfina Vitorino | Kuito

O sistema de pulverização dentro e fora das habitações em diversos municípios da província do Bié, foi adoptado pela sector da saúde com objectivo de diminuir o elevado número de casos de malária, afirmou o chefe do Departamento de Saúde Pública, Enoc Paulo de Oliveira Chivela.

O sistema de pulverização dentro e fora das habitações em diversos municípios da província do Bié, foi adoptado pela sector da saúde com objectivo de diminuir o elevado número de casos de malária, afirmou o chefe do Departamento de Saúde Pública, Enoc Paulo de Oliveira Chivela.
Na operação há um intercâmbio entre as autoridades tradicionais e os médicos no sentido de facilitar o trabalho de sensibilização e aplicação do método ao combate à malária.
Enoc Paulo de Oliveira Chivela explicou, igualmente, que há necessidade de identificar os maiores focos da doença, “mas para isso é importante a receptividade da população no momento em que os activistas chegarem às aldeias, para as pulverizações que exterminam os mosquitos.
O novo método aplicado na província através do programa de desinfestação domiciliar tem reduzido consideravelmente o índice de morte por malária na ordem de 30 por cento dos casos.
O chefe do Departamento de Saúde Pública sublinhou que, paralelamente, foi adoptada uma nova terapia contra a malária, com o uso do fármaco “kuarten”, que tem contribuído satisfatoriamente na redução de casos de malária em diversas localidades.
Enoc Chivela disse que a chegada de médicos provenientes de Cuba, especialistas no combate à malária, permitiu identificar os maiores focos da doença e adoptar medidas eficazes para combatê-la, evitando assim a elevada mortalidade.

Tempo

Multimédia