Províncias

Reclusos recebem donativos

Afonso Belo | Cuito

A JMPLA doou, ontem, material de higiene aos reclusos da cadeia do Cuito, durante uma visita que elementos daquela organização juvenil fizeram ao estabelecimento para se inteirarem das principais dificuldades ali vividas. 

A JMPLA doou, ontem, material de higiene aos reclusos da cadeia do Cuito, durante uma visita que elementos daquela organização juvenil fizeram ao estabelecimento para se inteirarem das principais dificuldades ali vividas. 
Na cadeia do Cuito há 640 reclusos, entre detidos e condenados, com idades entre os 18 e os 35 anos, acusados de crimes de homicídio, roubo e ofensas corporais.
O primeiro secretário provincial da JMPLA no Bié aconselhou os jovens presos a frequentarem acções de formação profissional nas especialidades de alvenaria, carpintaria e electricidade proporcionadas pelos serviços prisionais.
“Bom comportamento, mudança de atitude e mentalidade de reintegração social para a reconstrução do país é o que se espera de vós”, disse Anastácio Samboe.
Júlia Luísa, condenada a dois anos de caedeia, agradeceu o gesto da JMPLA e aconselhou amigas e familiares a não enveredarem por práticas que podem levar à prisão.
Os presos da cadeia do Cuito, além das acções profissionais, podem frequentar aulas de formação académica da 1ª à 6ª classe.   

Tempo

Multimédia