Províncias

Registo Civil aumentou as receitas

José Chaves |Andulo

Os serviços de Registo Civil e de Notariado do Andulo arrecadaram, no primeiro trimestre do ano, quase 6,5 milhões de Kwanzas, disse ontem, ao Jornal de Angola, o chefe da secção municipal.

População da região tem cada vez mais facilidade para tratar documentos
Fotografia: Jornal de Angola

Os serviços de Registo Civil e de Notariado do Andulo arrecadaram, no primeiro trimestre do ano, quase 6,5 milhões de Kwanzas, disse ontem, ao Jornal de Angola, o chefe da secção municipal.
Os valores arrecadados, afirmou Artur Francisco, provêm da emissão de 849 assentos de nascimento de adultos, de 1.062 certidões narrativas e de 22 cópias integrais de nascimento.
No mesmo período, foram registadas 576 crianças até aos 5 anos, 292 das quais do sexo masculino.
No primeiro trimestre, referiu, foram também arrecadados 755.333 kwanzas resultantes, principalmente de cobranças e emissão de assentos de nascimento.
O chefe da secção municipal do Registo Civil, Cartório e Notarial declarou que, diariamente, centenas de pessoas obtêm a cédula pessoal. A conservatória do Registo Civil do município do Andulo emitiu, no ano passado, 1.678 assentos de nascimentos e arrecadou 16,6 milhões de kwanzas, segundo o chefe da secção municipal.

Tempo

Multimédia