Províncias

Saneamento básico deve ser reforçado

O director provincial da Saúde no Bié, João Campos Cacungula, reiterou ontem, na cidade do Cuito, a necessidade de a população valorizar os cuidados primários de saúde, a fim de prevenir as enfermidades.

João Campos Cacungula apontou a construção desordenada de habitações, associada à deposição do lixo em locais impróprios por parte dos moradores, como factores que comprometem a saúde pública na província do Bié.
Estas situações, segundo o responsável, comprometem a qualidade do saneamento básico, dificultam o combate à reprodução de mosquitos e outros insectos causadores de doenças.
O director provincial da Saúde revelou que as unidades hospitalares da província estão a registar, com o surgimento das chuvas, grande afluência de pacientes que procuram assistência médica e medicamentosa.
João Campos apontou a malária, diarreia, complicações respiratórias, hipertensão arterial, diabetes, febre tifóide, parasitas intestinais e traumatismos provocados por acidentes de viação, como as principais doenças que se registam na região.
A província do Bié, acrescentou, tem 172 unidades sanitárias, das quais sete são instituições geridas pelas igrejas.

Tempo

Multimédia