Províncias

Sarampo provoca mortes

Delfina Victorino | Cuito

O sarampo causou a morte de 51 crianças, menores de quatro anos, durante os primeiros seis meses deste ano, na província do Bié.

Vista parcial da capital da província do Bié
Fotografia: Jornal de Angola |

Segundo um relatório da direcção de Saúde. O documento refere que outras 83 pessoas, maioritariamente crianças, morreram de anemia, num registo de 1.658 casos.
No mesmo período morreram três crianças, dos dez casos de meningite notificados pelas autoridades sanitárias.
A febre tifóide, que consta das doenças consideradas epidémicas e imunopreveníveis, causou um ó­bito, de um total de 2.147 casos re­gistados. Mais severas foram as doenças respiratórias que causaram 44 mortes em seis meses, período em que foram notificados 109 casos, adianta o relatório, que refere a ocorrência de outros 11 óbitos por diarreia, num registo de 51.179 casos.
Os dados sobre as doenças cardiovasculares e a hipertensão referem-se a 23 e 158 casos, respectivamente, que resultaram em nove e 31 óbitos.
O relatório da direcção de Saúde diz, finalmente, que foram registados em toda a província apenas sete casos de poliomielite, como resultado das campanhas regulares de vacinação.  Por outro lado, no quadro do programa do Governo da província de construção de mais ­infra-estruturas escolares, oito salas estão a ser acrescidas na Escola de Formação de Professores (Marista São José) na cidade do Cuito, província do Bié.
As salas, cujas obras decorrem a bom ritmo, serão entregues dentro de cinco meses.
O director da escola, Tomas Capitango, sublinhou que, com a ampliação da escola, a instituição terá, em 2014, 16 salas de aulas.
Frisou ainda que o investimento permitirá o aumento de novas opções de ensino e o ingresso de mais alunos na formação especializada de professores.
Para o presente ano lectivo, disse, a Escola de Formação de Professores tem matriculados 998 alunos, nos cursos de História/Geografia, Magistério Primário, Português, Biologia/Química e Matemática/Física. As aulas são ministradas por 64 professores.

Tempo

Multimédia