Províncias

Saúde aposta na formação

José Chaves | Andulo

O director provincial da Saúde do Bié, João Campos, disse  no município do Andulo, que a formação de quadros médios e superiores vai constituir uma das maiores apostas do sector.

Autoridades locais traçam novas estratégias para melhorar o funcionamento dos hospitais
Fotografia: JAimagem

As autoridades provinciais e nacionais pretendem aumentar o número e a qualidade de especialistas clínicos no país, nos próximos tempos.João Campos falava durante a cerimónia de abertura do conselho consultivo alargado da Direcção Provincial de Saúde do Bié, que decorreu no Andulo, com vista a analisar as tarefas realizadas durante o primeiro trimestre 2014 e traçar estratégias para engrandecer o sector.
No encontro foi  debatido o funcionamento dos hospitais e analisados os planos operacionais dos departamentos de administração, planificação, estatística e a análise da gestão financeira da Direcção Provincial de Saúde. Os conselheiros analisaram também assuntos que têm a ver com a estrutura funcional, plano operacional do núcleo de formação permanente, papel da inspecção no sector da Saúde no Bié, revitalização do processo de enfermagem e a gestão de medicamentos e equipamentos.
Os delegados ao conselho consultivo alargado foram  informados sobre os resultados alcançados pelos programas de saúde pública, principalmente dos cuidados primários de saúde, Programa Alargado de Vacinação (PAV), nutrição, saúde sexual e reprodutiva, malária, tuberculose, lepra e Sida.
O administrador  municipal do Andulo, Moisés Américo Cachipaco pediu uma atenção especial aos problemas sanitários que afectam a vida das populações nas zonas rurais da província do Bié.

Tempo

Multimédia