Províncias

Saúde e Educação com mais técnicos

Afonso Belo | Kuito

Pelo menos 3.395 processos de ingresso aos sectores da Educação e da Saúde foram homologados, quinta-feira, no Kuito, província do Bié, pelo presidente do Tribunal de Contas, Julião António.

Pelo menos 3.395 processos de ingresso aos sectores da Educação e da Saúde foram homologados, quinta-feira, no Kuito, província do Bié, pelo presidente do Tribunal de Contas, Julião António.
Dos referidos processos, 2.152 são de professores do ensino primário, 981 para professores do 2º ciclo do ensino primário, 126 para professores do 2º ciclo do ensino secundário e 137 para o sector da saúde.
Julião António mostrou-se satisfeito pelo empenho e pela forma como decorreu o processo de selecção do pessoal para a função pública.
 Recomendou, no entanto, às direcções da educação e saúde a proceder a avisos antecipados da abertura de concursos públicos, com datas bem definidas, para a entrada de documentos e criação de uma comissão de júri, por forma a evitar sub comissões por município.
Para o governador da província, Álvaro de Boavida Neto, o acto é de extrema importância, porque o mesmo vai diminuir a falta de quadros nos sectores da educação e da saúde, que a província enfrenta.
“Quanto ao sector da saúde, apesar do concurso ser nacional, os números não foram os desejados, por falta de candidatos com formação nas referidas especialidades”, disse o governador provincial do Bié.

Tempo

Multimédia