Províncias

Solicitada a reabertura do Hospital Regional

Matias Costa |

A população do município do Cuemba, 162 quilómetros do Cuito, pede a entrada em funcionamento do Hospital Regional, para atender vários casos de saúde que apoquentam os munícipes.

Muitos casos são evacuados para hospitais de outras áreas
Fotografia: Arimateia Baptista | Edições Novembro

A preocupação dos munícipes foi manifestada durante a visita de trabalho efectuada pelo governador provincial do Bié, Boavida Neto àquela parcela do país.
Construído há mais de três anos, o hospital regional do Cuemba está projectado para internar 170 pacientes, dispõe de dois blocos operatórios e outros serviços.
Devido à sua posição geográfica, a unidade hospitalar pode atender as populações de alguns municípios das províncias de Malanje, Cuando Cubango, Moxico e Lunda-Sul. O governador Boavida Neto, ao constatar o estado actual da infra-estrutura, prometeu solicitar ao Governo central para tomar uma decisão em relação ao apetrechamento e admissão do quadro de pessoal.
“Se compreendermos a grande importância da saúde para as populações daquela região, a entrada em funcionamento do hospital deve constituir prioridade na materialização dos programas do Executivo”, afirmou Boavida Neto.
Sobre as responsabilidades da imobilidade do hospital, o governador garantiu que vai solicitar a intervenção do Ministério da Saúde para que se tome uma decisão, visto que este "ministério" tem o domínio de todo o dossier. “Não interessa ter um grande hospital sem efeitos benéficos às necessidades do cidadão”.

Tempo

Multimédia