Províncias

Técnicos das administrações reforçam capacidade no Bié

Delfina Victorino| Cuito

Técnicos das administrações municipais das provinciais do Cuando Cubango, Huambo e Bié estão a ser capacitados até ao dia 11, na cidade do Cuito, em matéria sobre “Sistema de Informação Georeferencial”, para serem habilitados no mapeamento monográfico das infra-estruturas sociais e económicas.

Técnicos das administrações em formação
Fotografia: Sergio Vieira Dias

A acção formativa é promovida pelo Fundo de Apoio Social (FAS), tem a participação de técnicos dos municípios do Chinguar, Nharêa e Camacupa, na província do Bié, e das localidades do Cuangar, Cuchi, Cuito Cuanavale, Menongue, do Cuando Cubango. Fazem ainda parte representantes do Bailundo, Ecunha, Longonjo e Mungo, da  província do Huambo.
A directora provincial do Fundo de Apoio Social (FAS) no Bié, Laurentina Braga Manuel, disse que a formação constitui um complemento sobre a elaboração dos perfis municipais dinâmicos, iniciado no ano passado com o tema relacionado com a base de dados.
O vice-governador provincial para o Sector Político e Social do Bié, Carlos Ulombe da Silva, considerou fundamental o sistema de informação na capacitação institucional das administrações municipais das províncias acima referidas. Disse que o Fundo de Apoio Social e as administrações municipais estão envolvidos na actualização e elaboração de perfis municipais dinâmicos, através da aplicação de uma metodologia padronizada. “A vida deve ser feita nos municípios, é importante explorar as potencialidades locais e reforçar as suas capacidades de intervenção para atingir os desafios de cada etapa”, disse.
Carlos Ulombe da Silva, para acrescentar: “As localidades devem concorrer para os níveis de crescimento económico, sustentável, desejando o bem-estar social para todos os cidadãos angolanos.”

Tempo

Multimédia