Províncias

Várias iniciativas de sensibilização contra a doença

No Cuito, decorrem, por iniciativa da Inspecção-Geral do Trabalho, umas jornadas sobre a importância de combater o HIV/Sida e a marginalização, nos locais de trabalho, dos portadores da doença.

No Cuito, decorrem, por iniciativa da Inspecção-Geral do Trabalho, umas jornadas sobre a importância de combater o HIV/Sida e a marginalização, nos locais de trabalho, dos portadores da doença.
O inspector-geral do Trabalho da Direcção da Administração Pública, Emprego e Segurança Social no Bié, Isaac Justino, disse que a ideia é também alertar para as formas de prevenção da Sida e de outras doenças sexualmente transmissíveis e para a importância de, nos locais de trabalho, não marginalizar as pessoas afectadas.
“Não podemos de maneira alguma marginalizar as pessoas portadora desta doença, pois qualquer um de nós está sujeito a a ser infectada”. Condenamos a atitude das pessoas com este comportamento. Não podemos permitir que os companheiros sejam marginalizados”, disse.
Os trabalhadores das empresas estatais e privadas, afirmou, têm sido esclarecidos noutras acções sobre a segurança e saúde no local de trabalho.
 Isaac Justino referiu que, este ano, já 2.357 trabalhadores de várias instituições públicas e privadas do Bié foram esclarecidos pelo Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social sobre a Lei Geral do Trabalho.

Tempo

Multimédia