Províncias

Vila do Andulo tem sistema de distribuição

José Chaves | Andulo

Os habitantes da vila do Andulo, na província do Bié, voltaram a ter água potável nas torneiras, desde o passado mês de Junho, depois da reabilitação do sistema de captação, tratamento e distribuição.

Os habitantes da vila do Andulo, na província do Bié, voltaram a ter água potável nas torneiras, desde o passado mês de Junho, depois da reabilitação do sistema de captação, tratamento e distribuição.
O sistema distribui 120 metros cúbicos de água por dia, depois da substituição da rede de fibrocimento pela tubagem PVC e a extensão das condutas para os bairros periféricos da vila.
O sistema tinha sido destruído há vinte anos, durante a guerra, e em 2008 foi reconstruído, ficando em funcionamento por apenas quatro meses, privando novamente a população do consumo de água potável.
A paralisação obrigou os habitantes a recorrer às cacimbas e rios.
O chefe da repartição de água do Andulo, Fernando Ngombe, disse que, actualmente, os técnicos do sector estão a trabalhar na identificação das roturas na conduta, para se efectuarem ligações domiciliares.
Fernando Ngombe reconheceu que o abastecimento de água no Andulo ainda é deficiente.
Mesmo assim, a população congratula-se com a recuperação do sistema de abastecimento, tratamento e distribuição de água potável, mas requer a extensão da conduta às zonas periféricas. Com uma população estimada em 311.544 habitantes, o município do Andulo enfrenta dificuldades de abastecimento de água.

Tempo

Multimédia