Províncias

Boas colheitas para Cassumbe

José Chaves | Cassumbe

Camponeses organizados em cooperativas e associações agro-pecuárias na comuna de Cassumbe, município do Andulo, esperam colher mais de 600 mil toneladas de produtos alimentares no final da presente época agrícola, disse ontem ao Jornal de Angola o administrador comunal.

Camponeses da comuna esperam colher no final da presente época agrícola milhares de toneladas de produtos alimentares diversos
Fotografia: Santos Pedro

Segundo Marcelino Félix, os camponeses cultivaram, entre outros produtos, mandioca, batata-doce, milho, feijão e abóbora, num espaço de 3.500 hectares. Com o acompanhamento de técnicos da Estação de Desenvolvimento Agrícola (EDA), os produtos estão a crescer com vigor.
A lavoura é desenvolvida pelos membros de duas cooperativas agro-pecuárias, seis associações de camponeses, além de alguns agricultores individuais.
Marcelino Félix disse que os camponeses apostam no aumento da produção, para contribuírem da melhor maneira possível no combate à fome e à pobreza, acelerando o processo de diversificação da economia. Na última época agrícola, aquela comuna da província do Bié colheu 575 mil toneladas de produtos diversos.

Mais financiamento />
O administrador comunal pediu mais financiamentos para a aquisição de equipamentos, como moto-bombas, moto-serras, tractores com alfaias e sementes, para que os níveis de produção não parem de crescer. Marcelino Félix acrescentou que o crédito agrícola ajuda os agricultores a desenvolverem a produção, visto que sem dinheiro não é possível adquirir equipamentos técnicos e sementes. “Temos uma boa previsão de colheita, mas carecemos de viaturas para escoar os produtos”, referiu.
O administrador comunal de Cassumbe encoraja os camponeses a continuarem a trabalhar para o aumento da produção de alimentos. A comuna de Cassumbe situa-se a norte da sede municipal do Andulo e tem 19.857 habitantes, que se dedicam essencialmente à agricultura, pesca fluvial e produção de mel.

Tempo

Multimédia