Províncias

Bolsas de estudo disponíveis para docentes

Um total de 50 professores de várias especialidades, na província do Namibe, beneficiam, este ano lectivo, de bolsas de estudo internas, disse ontem o director local da Educação, Ciências e Tecnologia.

Pacheco Francisco referiu que o processo de bolsas de estudo internas tem vindo a aumentar e o sector  envia docentes para as províncias da Huíla, Luanda e Benguela.
O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Namibe disse  que o processo se enquadra  nos programas locais que visam aumentar o nível académico dos professores.
Pacheco Francisco assegurou que o processo acontece todos os anos, mas  o número foi reduzido pelo facto de a província do Namibe contar já com uma Escola Superior Pedagógica, onde   são formados professores.
Neste momento, disse Pacheco Francisco,  a província do Namibe tem 180 professores com bolsas de estudo internas, processo que tem ajudado a região a colmatar  o défice de docentes em várias em escolas.
Pacheco Francisco ressaltou  que, em cada ano, o sector da Educação recebe 50 a 60 professores com nível superior  e tem registados mais de seis mil docentes.

Tempo

Multimédia