Províncias

Aquacultura está a crescer em Cabinda

Bernardo Capita | Cabinda

A piscicultura está a ganhar corpo, nos últimos tempos, na província de Cabinda, com o surgimento de novos projectos artesanais de iniciativa privada, virados para a criação de várias espécies, constatou o Jornal de Angola.

Vista parcial de Cabinda onde estão em curso diversos projectos de criação de peixes
Fotografia: Rafael Tati

Actualmente existem 67 piscicultores, com um universo considerável de peixes já reproduzidos e em fase de crescimento, enquanto outros estão em condições de ser comercializados, sobretudo o cacusso.
Na aldeia de Lucula Zenze, comuna de Tando Zinze, 75 quilómetros a nordeste de Cabinda, nasceu um dos maiores projectos integrados de pecuária e piscicultura, denominado “Lulombe”. De iniciativa privada, o projecto vai criar várias espécies de peixes, com destaque para bagres e cacussos.
O projecto teve início em 2012 e tem quatro tanques de criação e reprodução de peixes, com 40 metros de largura, 30 de comprimento e um metro e meio de profundidade.
O empreendimento é assegurado por 13 técnicos, cinco dos quais formados no Brasil, através da iniciativa “Tuendi Tuvuba”, ligado à secretaria provincial da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas do Governo de Cabinda.
A governadora Aldina da Lomba visitou o projecto. O proprietário, Sebastião Maiuia, apontou entre outras dificuldades a falta de rações como grande obstáculo para o crescimento do peixe e a sua reprodução.
A governadora Aldina da Lomba louvou a iniciativa do criador de peixe Sebastião Maiuia, realçando que a aquacultura tem apoio do Executivo, no âmbito do Programa de Combate à Pobreza, para aumentar a produção do pescado.
As autoridades vão continuar a apoiar todos os que, como Sebastião Maiuia, quiserem investir no ramo da piscicultura, para que rapidamente  o sector possa crescer e ser integrado na cadeia de abastecimento de produtos da pesca, contribuir para diversificar a economia e combater a pobreza nas comunidades rurais, segundo a governadora de Cabinda.

Tempo

Multimédia