Províncias

Aulas de Administração Local começam no mês de Maio

Leonor Mabiala | Cabinda

As aulas do curso de mestrado em Administração e Desenvolvimento Local, na Faculdade de Economia da Universidade 11 de Novembro, começam no próximo mês de Maio, a nível da província de Cabinda, anunciou ontem o coordenador da  formação.

Panorâmica da cidade de Cabinda onde a Faculdade de Economia começa em Maio a ministrar um curso de mestrado
Fotografia: Rafael Tati | Cabinda

 Flaviano Capita disse, que neste momento, decorre o processo de inscrições para as candidaturas para ocupar as 35 vagas disponíveis para a frequência da especialidade.
O responsável do curso explicou que o processo de formação tem a duração de dois anos, sendo, um ano para o cumprimento do plano curricular, e outro para a investigação e defesa do trabalho ou apresentação da dissertação.
Para a inscrição, os candidatos devem possuir  diploma que comprove a conclusão da licenciatura, um projecto sobre um dos temas escolhidos pelo candidato, “curriculum vitae”, cópia do Bilhete de Identidade para os cidadãos nacionais e passaporte com visto válido para os estrangeiros.
Flaviano Capita referiu que sete professores vão ministrar as aulas,   com a colaboração de colegas provenientes do estrangeiro e de outras Universidades do país.
Flaviano Capita apelou a população académica da província, para aproveitar a oportunidade que a Universidade 11 de Novembro oferece na formação de quadros nesta área do saber.

Ensino superior no Cuvango


O acesso de alunos ao ensino superior no município de Cuvango está facilitado com a abertura de mais turmas do núcleo da Universidade Evangélica Sinodal de Angola (UESA), disse, ontem, o coordenador do núcleo do ensino superior da UESA do Cuvango. Na abertura do ano académico, o decano da instituição, Mateus Domingos Matias, apelou aos professores para aprimorarem os conhecimentos, com vista a melhorarem a competência na transmissão dos conhecimentos.
A funcionar desde o ano passado,  o núcleo conta com 96  estudantes que frequentam o curso de Sociologia. O coordenador do núcleo do ensino superior da Universidade Evangélica Sinodal de Angola do Cuvango, Orlando Kambinda, frisou que, em 2015, o aproveitamento curricular dos estudantes foi positivo, o que motivou a abertura de mais duas turmas no presente ano.
Neste ano académico, a instituição  exige um maior envolvimento de todos os seus funcionários com vista a alcançar um ensino inovador e de melhor qualidade. Para além do Cuvango, a Universidade Evangélica Sinodal de Angola, com sede no Lubango, tem também um núcleo em Caluquembe. Cuvango tem 75.180 habitantes e dista  356 quilómetros da cidade do Lubango.

Tempo

Multimédia