Províncias

Auto-suficiência alimentar em preparação na província

Bernardo Capita | Cabinda

A governadora de Cabinda, Aldina da Lomba, quer que a província tenha auto-suficiência alimentar a partir de 2014 e, para isso, solicitou aos técnicos agrónomos e outros quadros do sector da Agricultura a elaboração de um projecto agrícola.

Governadora pediu o aumento da produção no âmbito do programa de combate à pobreza
Fotografia: Rafael Tati | Cabinda

A governadora manifestou esta intenção quando discursava na aldeia de Chinzasi, nordeste de Cabinda, na cerimónia de abertura da campanha agrícola 2013/2014, salientando que “Cabinda tem terras b aráveis e com a vontade política constantemente manifestada pelo Executivo e o Governo Provincial, através do incentivo ao sector agrícola, podemos então aumentar a produção”.
Aldina da Lomba lembrou que no programa do Governo da província de Cabinda está previsto, até 2017, aumentar, até 90 por cento, a produção agrícola e pecuária, sobretudo com a distribuição de animais para o seu fomento.
“Temos as terras aráveis, as chuvas, os camponeses dispostos a trabalhar e engenheiros com capacidade técnica e profissional para a devida orientação”, sublinhou Aldina da Lomba. “Com todas estas condições, só nos resta trabalhar para que a província tenha auto-suficiência alimentar”, disse a governadora de Cabinda.
O secretário provincial em exercício da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, Rafael Brás, disse que para a presente campanha agrícola foram preparados 1.500 hectares de de forma mecanizada e 54.777 manualmente. 
Na presente campanha agrícola, acrescentou Rafael Brás, está previsto colher 685.400 toneladas de produtos diversos, com destaque para mandioca, banana, ginguba, feijão, milho, batata e hortícolas.

Tempo

Multimédia