Províncias

Cabinda abre cursos de pós-graduação

Joaquim Suami | Cabinda

O reitor da Universidade 11 de Novembro, Kianvu Tamo, anunciou em Cabinda que a instituição vai leccionar, a partir deste ano académico, cursos de pós-graduação em ciências da educação, gestão de empresas e direito.

O reitor da Universidade 11 de Novembro, Kianvu Tamo, anunciou em Cabinda que a instituição vai leccionar, a partir deste ano académico, cursos de pós-graduação em ciências da educação, gestão de empresas e direito.
Kianvu Tamo, que discursava na cerimónia de entrega de diplomas aos 360 novos licenciados, formados em psicologia, pedagogia, matemática, gestão de empresas e direito, sublinhou que, com a introdução dos cursos de pós-graduação, a Universidade 11 de Novembro pretende desenvolver os recursos humanos para servirem condignamente a província de Cabinda em particular e o país no geral.  
A Universidade 11 de Novembro introduziu este ano os cursos de psicologia clínica, ensino da língua por­tuguesa e inglesa, engenharia da organização e manutenção industrial, abrindo 201 vagas para estudantes das províncias de Cabinda e do Zaire, segundo Kianvu Tamo.
A introdução de novos cursos, no próximo ano académico, implica a construção de salas de aula.  
O académico destacou a formação de 280 licenciados, na área das ciências da educação, alguns dos quais já leccionam, desde a criação da Universidade 11 de Novembro.
No próximo ano académico, a instituição vai desenvolver um programa de orientação escolar, pa­ra evitar a escolha de carreiras profissionais aleatórias por parte dos candidatos.

Benefício para o país

Em nome dos licenciados, a psicóloga Manuela Manuel disse que “a conclusão da formação é fruto do esforço e da interacção sábia dos docentes e de todos os trabalhadores de distintas unidades orgânicas da Universidade 11 de Novembro, o que proporcionou à província de Cabinda e ao país ganhar novos técnicos superiores”.
Presente na cerimónia, o governador de Cabinda, Mawete João Baptista, disse que os licenciados têm a missão de investigar e inovar para transmitirem os conhecimentos a outras pessoas e contribuírem para o desenvolvimento do país.
Desde que foi aberta em 2002, a Universidade 11 de Novembro, que integra as faculdades de Economia e Direito e um Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED), formou 1.036 técnicos, nos cursos de psicologia, pedagogia, matemática, economia, gestão empresarial e direito.
A Universidade 11 de Novembro tem 4.460 estudantes matriculados, dos quais 1.449 são calouros.

Tempo

Multimédia