Províncias

Campanha ataca imigração ilegal

Efectivos do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), em Cabinda, participam numa campanha de distribuição da cartilha informativa e pedagógica visando o desencorajamento por parte de cidadãos nacionais e estrangeiros de práticas como o auxílio à imigração ilegal.

Fotografia: DR

A informação foi dada a conhecer ontem à Angop pelo SME, através de uma nota, que revela que a campanha, que envolve mais de 50 efectivos, entre oficiais, subalternos, subchefes e agentes de migração, nas principais artérias da cidade de Cabinda e na periferia, visa fundamentalmente disseminar a informação, em jeito pedagógico, incentivar a cultura de denúncia e participação no combate a este fenómeno.
As consequências que acarretam o exercício desta prática no seio da sociedade, bem como o aumento de crimes violentos com armas de fogo, roubos e furtos, desordem pública, venda de produtos falsificados e outros danos, são igualmente lembretes que estão a ser incutidos aos automobilistas e utentes de casas de aluguer.
A nota do Serviço de Migração e Estrangeiros refere ainda que a campanha se realiza no âmbito dos 43 anos que a instituição assinala amanhã.

Tempo

Multimédia